Publicado por Débora Silva
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

O impetigo, também conhecido popularmente como impinge, é uma infecção de pele que atinge principalmente as crianças entre 2 e 5 anos de idade. Essa doença contagiosa surge mais frequentemente durante os meses quentes do verão e pode ser causada por dois tipos de bactérias: Staphylococcus aureus, que causa bolhas grandes e frágeis, normalmente no rosto; e a Streptococcus pyogenes, que provoca pequenas espinhas de pus que se rompem e deixam uma superfície avermelhada, posteriormente coberta por uma crosta amarelada.

É muito importante iniciar o tratamento assim que se percebam os primeiros sintomas, pois esta doença pode evoluir para lesões mais profundas da pele e, nos casos muito graves, causar insuficiência renal.

Transmissão e sintomas

O indivíduo pode adquirir impetigo quando é exposto à bactéria, principalmente quando entra em contato com as feridas de alguém já infectado ou quando entrou em contato direto com itens como lençóis, toalhas, roupas e até brinquedos. Essa doença infecciosa se espalha facilmente em ambientes infantis e outros lugares fechados e lotados.

Um dos fatores que aumentam o risco de impetigo é a existência de lesões na pele provocadas por mordidas, picadas de inseto e outros tipos de feridas.

Tratamento natural para impetigo

Foto: Reprodução

Os principais sintomas da doença são os seguintes:

  • Pústulas com pus que estouram com facilidade. Nas crianças, a pele apresenta-se avermelhada com um aspecto machucado;
  • As pústulas são preenchidas com um líquido amarelado e coçam;
  • Vazamento de pus e formação de crostas;
  • Lesões de pele nas regiões do rosto, lábios, braços ou pernas, que podem se espalhar para outras áreas do corpo.

Remédios naturais para impetigo

Além dos medicamentos orais, normalmente os antibióticos são a principal forma de tratar o impetigo, sendo aplicados diretamente nas feridas por meio de creme ou pomada, em doses prescritas pelo médico.

Existem também alguns remédios naturais que podem auxiliar no tratamento desta infecção, principalmente no início dela.

Óleo de melaleuca, alfazema e amêndoa

A melaleuca é uma planta com propriedades antibacterianas que ajuda a secar as bolhas de impetigo; e o óleo de alfazema suaviza a inflamação.

Ingredientes:

– 1 colher (sopa) de óleo de amêndoa;
– ½ colher (chá) de óleo essencial de melaleuca;
– ½ colher (chá) de alfazema.

Modo de preparo e aplicação:

Misture todos os ingredientes em um recipiente, depois basta aplicar uma gota da mistura nas bolhas de impetigo, ao menos três vezes por dia. Este remédio caseiro pode ser usado tanto em crianças como em adultos.

Calêndula

A calêndula tem propriedades antimicrobianas e, por isto, é usada para tratar diversas lesões e infecções de pele. Prepare uma infusão com 250 ml de água fervente e duas colheres de sopa de calêndula. Deixe descansando por 20 minutos e depois aplique nas feridas, com o auxílio de um algodão, três vezes ao dia.

Veja mais!