Publicado por Michelle Nogueira
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

A infecção alimentar é um mal comum que m já atingiu muitas pessoas em alguma fase da vida. Ela pode ser causada pela ingestão de alimentos estragados, vencidos ou contaminados. Esses podem conter agentes como bactérias (salmonella, E.Coli, staphilococus aureus etc.), fungos, parasitas e vírus (rotavírus). Pessoas de todas as idades estão sujeitas a ter infecção alimentar, mas a viral é mais comum em crianças. A água também deve receber uma atenção especial, pois também pode estar contaminada. Por isso, procure ingerir somente água filtrada ou fervida e de fontes confiáveis.

Causas

A principal causa da infecção intestinal é a intoxicação alimentar, ou seja, o consumo de alimentos contaminados ou estragados. Uma má higiene também está potencialmente ligada a essa doença. Por isso, é importante sempre lavar as mãos depois de ir ao banheiro e antes de comer. As bactérias presentes nas fezes também são agentes causadores desse mal. Localidades com falta de saneamento básico são as que mais apresentam quadros de intoxicação alimentar e infecção.

Sintomas

Os principais sintomas são:

  • Diarreia;
  • Dor abdominal;
  • Vômitos;
  • Mal estar;
  • Desidratação;
  • Dor de cabeça;
  • Febre.
Tratamento natural para infecção intestinal

Foto: Reprodução/ internet

Geralmente, a infecção intestinal não é um problema patológico e, por isso, pode ser cuidada em casa, com tratamentos naturais. Mas se as crises de diarreia e vômitos forem muito frequentes, se você perceber sangramento e se durar mais de dois dias, procure um médico imediatamente.

Tratamento natural

É muito importante sempre manter seu corpo hidratado, pois a infecção provoca uma perda muito grande de líquidos. Nos casos mais graves, é indicado que essa reposição seja feita através de injeção de líquidos e sais por via endovenosa, além de medicamentos para controlar o vômito e diarreia. A infecção bacteriana requer uso de antibióticos. Os demais casos, mais simples, podem ser tratados com repouso e essa receita caseira:

Soro caseiro

Misture um litro de água (filtrada ou fervida) com uma colher (sopa) de açúcar e uma colher (café) de sal. Coloque essa mistura em uma garrafa, e ponha na geladeira, caso o dia esteja muito quente. Beba esse líquido ao longo do dia.

Outros cuidados

Procure evitar alimentos gordurosos ou de difícil digestão. Não consuma bebidas alcoólicas, nem fume. Procure comer alimentos leves, como frutas, verduras, legumes cozidos e carnes magras. Beba bastante líquido, como água, sucos naturais e água de coco.

Procure ficar em repouso e é recomendável não ingerir nenhum remédio sem antes consultar um especialista, pois o uso indevido de algumas substâncias agrava o quadro, podendo até ser necessária uma internação hospitalar.

Veja mais!