Publicado por Gabriely Araújo
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

Numa época onde somos cada vez mais bombardeados com sons em volume altíssimo em festas, lojas, e shows, por exemplo, nos vemos expostos a um mal que infelizmente está se tornando comum, apesar de muitas pessoas não saberem que o possui, o zumbido no ouvido.

Tratamentos naturais contra zumbido no ouvido

Foto: Reprodução

O que é?

O tinnitus, nome científico dado ao popular zumbido, zunido ou ruído nos ouvidos são os sons presentes apenas no interior do aparelho auditivo e que causam incômodo e dependendo de sua intensidade podem provocar estresse, por muitas vezes impedir a concentração e atrapalhar o sono. Ele pode se manifestar em três níveis distintos: baixo, moderado e alto. A maioria das pessoas possui o zunido moderado, que é aquele que aparece por alguns minutos e acaba sumindo, mas que sempre volta. Este zumbido pode ter diversos sons, isso varia de cada paciente, pode-se ouvir chiados, apitos, som de vento ou água, barulho interno das conchas e até mesmo o bater de asas de insetos.

Fatores que podem acarretar o zumbido

  • Ansiedade, estresse e depressão podem acentuar o zumbido, mas nesses casos ele é resolvido de maneira mais rápida que os casos clínicos propriamente ditos.
  • Acúmulo de cera nos ouvidos por conta de infecções pode ser causador de zumbido.
  • Problemas no maxilar.
  • O fluxo insuficiente de sangue na área superior dos ouvidos, a má circulação, pode ser um dos causadores do zumbido, e é causado pelo alto colesterol, por exemplo, em pacientes com hipertensão. Podemos citar como exemplo o zunido pulsátil, que ocorre quando o paciente ouve seus próprios batimentos cardíacos.
  • Mau uso dos fones de ouvido e permanência por tempo excessivo em lugares onde prevalece o som muito alto.
  • Problemas no tímpano (Ex: estourá-lo) também causam zumbidos constantes.

Tratamentos caseiros para o zumbido

  • Abacaxi: O consumo da fruta é bastante indicado, pois a mesma possui propriedade anti-inflamatória e ativa a circulação das regiões da cabeça e pescoço.
  • Alho: O consumo diariamente de um dente de alho cru pode vir a amenizar o zumbido.
  • O consumo de ervas como: casca de malagueta, raiz de bardana, goldensal goma e mirra é indicado para amenizar o incômodo causado pelos zumbidos nos ouvidos.
  • Ginkgo biloba: Quando o zumbido é causado pela má circulação na região do aparelho auditivo o consumo de 120 mg por dia (em cápsulas) deste medicamento ajuda a melhorar o quadro. O uso de qualquer medicação deve ser acompanhada por um médico competente.
  • Evitar cafeína, álcool e cigarro também é bastante importante.

Prevenção

Para prevenir-se dos zumbidos é imprescindível proteger os ouvidos de barulhos muito altos, evitar o uso exagerado de fones de ouvidos e se possível usar protetores auditivos quando encontrar-se em ambiente muito barulhento.

Veja mais!