Publicado por Katharyne Bezerra
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

Originada na China, a fruta goji berry tem ganhado um espaço considerável no Brasil nos últimos anos. Toda esta fama adquirida está relacionada ao fato de que este alimento é considerado um aliado das dietas fitness.

Chamada de superalimento, a fruta possui diversos nutrientes essenciais para o corpo humano e ainda é avaliada como peça importante no processo de emagrecimento.

Mas, será que toda esta popularidade é fruto de um bom projeto de marketing ou será mesmo que a goji berry consegue diminuir a massa corporal de quem a consome? Perguntas como esta podem surgir, tendo em vista que são muitos os produtos colocados no mercado com a promessa de promover o emagrecimento, mas que na verdade não passam de propaganda enganosa.

Vale a pena investir em Goji Berry no processo de emagrecimento?

Foto: depositphotos

Antes de revelar a função desta fruta nas dietas, é importante destacar os benefícios que ela possui, segundo informações da nutricionista Sinara Menezes.

Para que serve goji berry?

“Além de uma fonte riquíssima de proteínas, o goji é uma das melhores fontes de vitamina C, superando muitas frutas conhecidas por este potencial. A fruta também é rica em sais minerais como magnésio, cálcio, ferro e selênio, além de possuir alto poder antioxidante”, explica Menezes.

Os nutrientes são tantos, que esta fruta se destaca mais que alguns alimentos consagrados no Brasil em termos nutricionais. Por exemplo, goji tem mais betacaroteno do que a cenoura e com relação a vitamina C, a fruta em uma porção de 100 g tem 50 vezes mais do que uma laranja. Além disso, ela possui muitos antioxidantes, sendo capaz de reduzir o colesterol ruim (LDL) e aumentar o bom (HDL).

Goji também é rica em flavonoides e por esta razão protege a pele contra o envelhecimento precoce, age ainda no combate de doenças que surgem através da degeneração das células, como o câncer. Rica em luteína e zeaxantina, faz bem para a visão e consegue combater a cegueira.

Como goji berry funciona nas dietas?

Em 2011, uma pesquisa norte-americana, publicada no “Journal of the American College of Nutrition” (JACN), usou algumas pessoas em estudo com a goji berry. Após 14 dias, os participantes que ingeriram um suco à base do berry reduziram até 5,5 cm de cintura, enquanto que os que não consumiram continuaram com suas medidas intactas. Assim, os resultados mostram o benefício desta fruta nas dietas.

“O Goji é um alimento de baixo índice glicêmico, ou seja, libera glicose no organismo de forma moderada, mantendo a energia estável, evitando os picos de açúcar no sangue e a fome abrupta. Além disso, por ser rica em fibras e proteínas, prolonga a sensação de saciedade e auxilia no controle da ingestão calórica – fatores essenciais para quem deseja emagrecer”, confirma a nutricionista.

Formas de usar esta fruta

Diante do exposto, é indicado adicionar goji berry nas dietas diárias, porém com o auxílio de um especialista na orientação. “Consumi-lo na forma desidratada é uma ótima forma de enriquecer um cardápio fit: uma colher de sopa possui somente 40 Kcal, e um bom aporte de nutrientes. Para se ter uma ideia, 100 gramas de goji concentram cerca de 30 g de vitamina C, um terço da dose diária recomendada para adultos”, aconselha Menezes.

“Duas colheres de sopa (cerca de 20 g do fruto desidratado) ou um copo de 200 ml de suco por dia já são o suficiente para alcançar os benefícios do fruto, sempre em conjunto com um cardápio balanceado. Esse equilíbrio é fundamental, inclusive, para manter o indivíduo motivado para seguir na dieta. ” finaliza a nutricionista.

Veja mais!