Publicado por Katharyne Bezerra
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

Violeta genciana é uma substância extraída da planta de mesmo nome. Esta, além de ter propriedades em comum com o preparado especial de solução aquosa, também pode tratar de problemas gástricos ou que afetam o sistema imunológico humano.

Auxilia na depuração do sangue, regula a pressão arterial e ainda é benéfica para o sistema nervoso central. Conheça agora os efeitos benéficos da violeta genciana, saiba como aplicar e os cuidados essenciais no manuseio.

Benefícios da violeta genciana

Esta solução é indicada para o tratamento de uma doença séria causada por um fungo chamado de Cândida Albicans, um problema infeccioso capaz de afetar a pele e as mucosas. Causa manchas brancas, erupções e até aftas na área contaminada.

violeta-genciana-pode-tratar-problemas-de-pele

Foto: reprodução/site Nathalya Quintino

Quando afeta os mamilos de mulheres que estão na amamentação, podem provocar um mau cheiro e desconfortos nas costas ou axilas. Neste caso, o médico especialista deverá ser consultado com urgência para prevenir a mãe e o bebê de outros problemas.

Com propriedades antibióticas, este medicamento natural pode tratar feridas externas, bem como auxiliar na recuperação de pacientes que apresentam gota, reumatismo e artrite. Inclusive, pode ser aplicada nas áreas onde há fraqueza muscular, no sentido de reverter a situação. Também ajuda no tratamento de cólicas menstruais.

Além disso, é um ótimo tonificante capilar, pois ajuda no crescimento dos cabelos. Pode ser usado como um repelente natural de mosquitos e favorece a baixa temperatura corporal.

Onde encontrar como aplicar?

Violeta genciana pode ser encontrado em lojas de produtos naturais, que tanto podem ser física como online. Se a compra for feita pela internet, vale certificar-se sobre a índole do site para saber se é ou não de confiança. Dependendo de onde foi adquirido, o preço pode ser baixo, mas acaba variando de R$ 2 a R$ 5.

Através de seus benefícios é possível perceber que a aplicação é de forma externa. Desta forma, aplique o medicamento natural na área lesionada de duas a três vezes por dia. E continue o tratamento até no máximo três dias seguidos.

Esse é o tempo suficiente para que o preparo proporcione melhora na região, caso os sintomas persistirem, procure um médico.

Contraindicações e efeitos colaterais

Mesmo sendo naturais, a planta genciana e o produto extraído dela, a violeta genciana não devem ser introduzidos em algumas situações. Por exemplo, mulheres grávidas ou em período de lactação, pessoas com lesões ulcerativas ou que tenham sensibilidade e alergia a qualquer substância que forme a planta, não devem fazer uso desse item.

Caso a utilização seja feita nos casos já citados anteriormente ou de forma abusiva, o paciente corre rico de apresentar resultados adversos ao tratamento. Isto é, é passível o surgimento de úlceras na pele; coceira intensa; tingimento, irritação e pigmentação permanente na epiderme; irritabilidade; e úlceras.

Se um desses problemas aparecerem ou se o problema inicial não regredir, procure uma unidade de saúde com urgência para que um tratamento possa ser feito a fim de diminuir as agressões externas.

Veja mais!